terça-feira, 16 de outubro de 2007

Pardon me

Já fazia um belo tempo que eu não ia a um show, então ontem fui ao Citibank Hall, antigo Cie Music Hall, mais antigo Directv Music Hall, quase pré-histórico Palace, pra ver a apresentação do Incubus, a banda californiana que faz a alegria da garotada.

A coisa funciona assim: eu não sou um fã, nem acho uma banda ótima, mas tenho a maior boa vontade. A família gosta, tem umas músicas legais, são bacanas de tocar. Se você separar as músicas legais, dá pra ouvir numa boa por algumas horas. E os caras são bons músicos, o vocalista tem uma voz legal e tal, embora os atributos mais famosos dele sejam físicos, o que me faz pensar o que é que a mulherada tanto vê naquele frango testudo. Whatever.

Mas aí o show começou e eu me dei conta de que já não tenho mais idade pra essas coisas. Colaboraram pra isso:

- o fato de todo mundo ao meu redor ser homem e com alguma séria disfunção nas glândulas sudoríparas;
- lembra que eu falei sobre separar as músicas que eu gosto e tal? Eles tocaram todas as outras;
- o lugar é fechado, apertado, quente e sempre tem uns filadaputa que resolvem fumar lá dentro;
- a música de encerramento, ah, a música de encerramento.

O negócio é que o Incubus é uma ótima banda de nu-metal, mas uma banda de rock 'n' roll bem meia-boca. É banda de moleque, you know, e por mais que em alguns momentos eles nos brindem com canções brilhantes, logo em seguida voltam à barulheira juvenil, pra não perder o pé no berço. O saldo final é positivo, mas por pouco.

Mas como eu sou legal, separei uma das bacanas deles. Enjoy.

3 comentários:

João disse...

Eu vim com a Nação Zumbi
Ao seu ouvido falar
Quero ver a poeira subir
E muita fumaça no ar!

fuma filadaputa, fuma!

Morto de frio disse...

Daonde vc tirou que incubus é banda de nu-metal?

Thiago Padula disse...

Tem DJ, vocal rapeado, peso e a molecada adora. Nu-metal.