sábado, 13 de dezembro de 2008

Lost in the supermarket

Então eu peguei uma nota de 20 e fui pro mercado comprar porcaria. Cheguei lá, peguei a cestinha, joguei dentro refrigerante, bolacha, salgadinho, essas coisas de criança. Fui pro caixa, o cara começou a passar a bagulhada e de repente me dei conta de que talvez os 20 reais não fossem suficientes.

Apreensão. Angústia. Ele ia passando os produtos no leitor e no monitor, porta-voz do meu vexame público, os números iam crescendo. 13, 14, 16 reais. De repentemente, faltava apenas um guaraná, e eu já tinha gastado 17,50.

Câmera lenta. Silêncio. Apenas do som do meu coração batendo. Tum-tch-tum (eu tenho sopro).

O caixa pega a garrafa com as duas mãos, e leva ao leitor de código de barra.

Bip.

O monitor se apaga por um segundo, como se estivesse em recesso para decidir meu veredicto.

Monitor acende.

19,98.

E essa foi a coisa mais emocionante que me aconteceu em 2008.

5 comentários:

Tati disse...

Adorei!!! Emocionante...

Renato disse...

Uoooooooooooooooooooooou 2c!!!!!
Seu rabudo duma figa!!!

(o meu sempre passa por +/- 20 centavos, e eles NÃO FAZEM DESCONTO.)

Camis disse...

Pelo menos 2008 teve alguma emoção!

Antonio ... disse...

Vai, Padula, na verdade vc estava usando aquela calculadora no carrinho de supermercado para chegar neste valor!! rsrs

Momentos decisivos, minha gente!

Parabéns pelo post!

Abraços,

João disse...

Eu quase que tive um infarto lendo isso...