domingo, 9 de junho de 2013

Banho de sol

Esses últimos dias tem sido muito agitados para o mundo mundial, com tantos protestos pelo aumento das tarifas de transportes em todo o Brasil, mais protestos contra o governo na Turquia, o estatuto do nascituro, o fim da Playboy, a PEC 37, o prefeito que quer matar cães de rua, os salários dos professores diminuindo, o papa que disse que a gente não vai pro inferno opa peraí vamos sim, etc, etc, etc. Sendo época de assuntos tão delicados, tão urgentes, quero falar sobre algo também importante: chuveiros.

Por que não existe nesse mundo, em todo esse planeta azul, um chuveiro decente? Um chuveiro capaz de nos proporcionar um banho com água de temperatura agradável? Água abundante, não dois pingos. Por que essa merda sempre está ou não-quente-o-bastante ou está como se pegassem o inferno, esquentassem mais um pouco até entrar em ponto de fusão e virar líquido e então despejassem no nosso lombo? Tem gente que canta no chuveiro, eu grito e xingo.

Desculpem esse momento de revolta. Me deixei levar. Mas vocês entendem que há assuntos que não podem ser tratados com a mesma leveza de outros mais desimportantes, como educação e saúde. Isso tem que acabar. O que deve escorrer para o ralo é nossa sujeira, nossa imundície, não nossa vontade de viver.

É por isso que eu não tomo mais banho.

4 comentários:

Anônimo disse...

Seu problema não é o chuveiro, é a pressão da água.

rb

Eduardo Melo disse...

Deixa de ser chorão.

Thiago Padula disse...

O blog acaba.

Ludmila Bahia disse...

HUAUHSUHAUUSHAUHSUAHUSA xD melhor blog! <3