sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Yesterday / All my troubles seemed so far away

O lugar onde eu trabalho é, dentro dos limites do profissionalismo, um local divertido. A gente canta, grita, faz piada e fica uma hora na padoca durante o expediente. Daí que ontem, graças a uma iniciativa mó legal - e deveras assustadora, certeza que vem uma tora na nossa bunda depois -, fui com alguns coleguinhas para um lugar afastado desse mundo horroroso participar de uma jam session que durou o dia inteiro, durante o horário de trabalho.

A gente levou os instrumentos - inclusive o Brito levou aquela guita linda que eu deixei de roubar por muito pouco -, a empresa descolou o equipamento de som e assim passamos uma ensolarada sexta-feira descarrilando alguns clássicos da música pop, de Magal a Nirvana, de Tim Maia a Lynyrd Skynyrd. Desses, só o Nirvana foi salvo da minha blablableação, mas nenhum passou incólume à minha sempre declarada - e agora comprovada - falta de talento. Caguei; como diz aquela música dos Stooges, my idea of fun is killing everyone.

Mas legal mesmo, repara o sadismo, foi estar num lugar lindo a sei lá quantos quilômetros de São Paulo estuprando o rock'n'roll enquanto todos os coleguinhas - e provavelmente você também - ficaram sentados na frente do computador o dia todo, agradecendo pelo menos por ser sexta-feira.

Melhor dia útil de todos os tempos.

2 comentários:

Edu Melo disse...

Não fale assim do meu computador. Você não merece falar comigo, nem com meu anjo.

Andréia disse...

sweetest person ever!!!